top of page
  • leobalsalobre

Deputado Messias Donato assina pedido de convocação de Lewandowski para explicar fuga de presídios


O deputado federal capixaba quer que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, seja convocado para dar explicações à Câmara sobre a fuga inédita em prisão de segurança máxima, em Mossoró (RN).


O documento é de autoria do deputado federal delegado Paulo Bilynskyj e aponta que os fugitivos, Rogério da Silva Mendonça (36 anos) e Deibson Cabral Nascimento (24 anos), seriam ligados à facção Comando Vermelho. Eles foram transferidos do presídio do Acre para Mossoró após rebelião que tirou a vida de cinco pessoas em julho de 2023.


No requerimento de convocação, os parlamentares afirmam que analistas e políticos têm considerado o ocorrido como o "evento mais grave ocorrido nos presídios de segurança máxima do país e levantando dúvidas sobre a segurança dessas instalações".


O ministro Lewandowski afirmou que os agentes penitenciários não teriam percebido a fuga porque era carnaval, período em que "eventualmente, as pessoas estavam mais relaxadas, como costuma ocorrer". Entretanto, ele não descartou a possibilidade da fuga ter acontecido com ajuda de funcionários.


"[...] pontua-se que o uso de recursos torna-se inócuo se não houver um planejamento de longo prazo norteado para uma política nacional que vise realmente acabar com a criminalidade", alertam os deputados.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page