top of page
  • Foto do escritorBruno Carlini

Messias Donato crítica gastos descontrolados do governo Lula e aumento de impostos

Em discurso no Plenário, Messias Donato crítica gastos descontrolados do governo Lula

Na última quarta-feira (3/7), o deputado federal Messias Donato, fez uso da palavra na sessão do Plenário da Câmara dos Deputados para expressar sua inquietação e apreensão em relação aos caminhos da política econômica nacional. Durante sua fala, ele apontou falhas na gestão econômica do governo atual, destacando os impactos negativos que estão sendo causados no desenvolvimento do país e no cotidiano dos trabalhadores.

"Nossa moeda está em constante desvalorização devido à incapacidade do governo atual em encontrar soluções para cobrir o enorme déficit gerado por suas próprias ações. Quando assumiram o país, a situação era favorável, mas agora estão deixando um legado negativo para o próximo governo. Isso é evidência de incompetência".

O parlamentar tem a convicção de que o país está passando por uma crise econômica significativa por conta da ausência de competência técnica e de diálogo daqueles que tem o dever de fazer o país crescer. Segundo ele, há uma tentativa de atribuir a culpa ao Banco Central, ao mercado e até mesmo ao ex-presidente norte americado Donald Trump pelos problemas econômicos enfrentados no Brasil, porém, não se reconhecem os erros cometidos.

Conforme afirmado pelo deputado, o governo falha ao elevar os gastos do Estado de maneira desenfreada e sem reduzir as despesas da administração pública. "O governo acredita em uma fonte inesgotável de recursos, prejudica os cidadãos brasileiros com a criação de novos tributos e o aumento da carga tributária. Lula criou impostos sobre as blusinhas, trouxe de volta o DVPAT e agora pretende taxar até a picanha, algo que havia prometido durante sua campanha".

O parlamentar expressou ainda sua discordância em relação às recentes decisões do STF sobre o aborto e a maconha. Segundo ele, o país está enfrentando um período conturbado, com órgãos como o congresso sendo ignorados por indivíduos não eleitos pelo povo, que buscam determinar questões como a legalização da maconha e do aborto.



Escrito por José Roberto

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page