top of page
  • leobalsalobre

Messias Donato critica novo capítulo de perseguição política. O alvo: Carlos Bolsonaro


O deputado federal Messias Donato se posicionou sobre a operação de busca e apreensão realizada nesta segunda-feira (29/01) contra o vereador Carlos Bolsonaro. O filho do ex-presidente Jair Bolsonaro é a nova vítima das ações que estão sendo feitas contra políticos da oposição ao governo federal.


"E começa mais uma semana com mais perseguição política escancarada para minar adversários e calar a oposição. E ainda tem quem ache que estamos em uma democracia plena", disse Messias Donato.


Ele reafirmou que os opositores estão sendo silenciados. "Um a um estão calando a oposição no Brasil. Hoje foi Carlos Bolsonaro, mas vários já foram vítimas dessa perseguição e certamente outros ainda serão. Perseguem nas escolas, nas universidades, nas famílias, nas igrejas, nas redes sociais. Perseguem no Parlamento", finalizou.


A OPERAÇÃO


A Polícia Federal deflagrou nova operação nesta segunda-feira (29/01) para apurar as ações da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) no governo Bolsonaro. Na semana passada o alvo foi o deputado federal Alexandre Ramagem, que foi diretor da Agência no governo anterior.


A busca e apreensão ocorreu tanto na residência do vereador Carlos Bolsonaro quanto em seu gabinete na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page