top of page
  • leobalsalobre

Messias Donato questiona Ministério dos Direitos Humanos e Itamaraty sobre atentados contra Israel


O deputado federal Messias Donato assinou dois requerimentos de informação encaminhados aos Ministros de Direitos Humanos (2488/2023) e o de Relações Exteriores (2487/2023) “sobre o posicionamento do Brasil face os terríveis ataques perpetrados pelo grupo terrorista Hamas contra Israel”.

O documento, de autoria do deputado Marcel Van Hatten, faz questionamentos a ambas as pastas sobre o assunto. Para a de Direitos Humanos, quer-se saber o posicionamento oficial e se o ministério condena os ataques do Hamas; as medidas para garantir os direitos e a assistência aos brasileiros que estão em Israel e como eles podem recorrer por ajuda; e se a pasta está envolvida em esforços diplomáticos ou humanitários para promover a paz e a resolução pacífica do conflito entre Israel e o Hamas.

Os congressistas afirmam que “o auxílio humanitário prestado pela pasta em conjunto com o Itamaraty aos brasileiros que se encontram em território israelense não deve ser a única tarefa desempenhada pelo Ministério dos Direitos Humanos. A guerra que ora observamos perpassa por severas questões humanitárias e é fundamental que esse Ministério esclareça os questionamentos formulados”.

Para o Itamaraty, os parlamentares querem saber o porquê do Brasil não ter reconhecido, até o momento, o grupo Hamas como terrorista; as medidas tomadas para contribuir com soluções pacíficas; se o ministério tem mantido diálogo com o governo israelense; como o Brasil está oferecendo ajuda humanitária e como o país pretende agir enquanto membro da comunidade internacional.

“É fundamental que o Estado brasileiro, notadamente o Ministério das Relações Exteriores, se manifeste sobre a posição do Brasil diante de tamanha atrocidade cometida pelo grupo terrorista Hamas,” pontuam os deputados.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page