top of page
  • leobalsalobre

Messias Donato sobre argumentos de que PL da censura defende as crianças: "pouca vergonha"


Deputado federal Messias Donato. Créditos: Vinicius Loures - Câmara dos Deputados

O deputado federal Messias Donato (REPUBLICANOS/ES) criticou, no Plenário da Câmara nesta quarta-feira (03), aqueles que dizem que o Projeto 2630/2020, conhecido como o PL da Censura, serviria para defender as crianças.


Segundo ele, "isso é uma hipocrisia sem tamanho", uma vez que o Governo Federal, que tem defendido a proposta, tomou atitudes contrárias à vida das crianças quando cancelou a portaria que obriga a notificação à autoridade policial do crime de estupro para a realização do aborto e pela saída do Brasil do Consenso de Genebra, uma aliança internacional contra o aborto.


"Isso é brincadeira! Mamãe, me dá minha mamadeira que eu quero mamar. Porque isso é uma pouca vergonha dizer um negócio desses", disse o parlamentar. "Não tem nada que mata mais as crianças do que essa ideologia maligna, que está sendo colocada por eles, e que no futuro devastará uma geração inteira. É isso que eles querem, destruir as famílias, destruir a infância, destruir nossos valores, tudo aquilo que foi construído ao longo dos séculos", frisou.


O parlamentar também lembrou que os defensores do PL 2630 lutaram para aprovar a urgência do projeto, mas não quiseram votar a matéria. "Na semana passada, nós vimos aqui batendo boca, gritando que tinha que votar de forma emergencial a questão do PL. E, agora, essa mesma gente, sai daqui derrotada, porque não tinha votos para aprovar o PL da censura. Como dizia Boris Casoy: isso é uma vergonha!"

37 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page