top of page
  • leobalsalobre

Messias Donato critica saidinha que culminou com assassinato do Sargento Dias em Minas Gerais


O deputado federal Messias Donato posicionou-se por diversas vezes após a morte do Sargento Dias, assassinado enquanto perseguia um criminoso em Minas Gerais.


O parlamentar revoltou-se com o fato de bandidos como o que tirou a vida de Dias ser apoiado pela esquerda, além de ter sido beneficiado pela saidinha de Natal. Vale lembrar que Donato assinou a PEC pelo Fim da Impunidade Natalina pois, de acordo com ele, "é urgente trabalhar contra os benefícios para bandidos e recuperarmos a dignidade e o respeito às forças policiais".


Ele também cobrou que os demais parlamentares capixabas "não se omitam na atuação em prol da polícia".


Messias afirmou que "nenhum país sério do mundo, que realmente se preocupa com a segurança do cidadão de bem, libera criminosos condenados e perigosos nas ruas".


"É estarrecedor vivermos em um país com uma legislação tão precária e prejudicial para a polícia e o povo. Enquanto isso, a bandidagem celebra seu avanço e seu massacre. E ainda assistimos a esquerda sempre encontrando justificativas para passar a mão na cabeça dos criminosos. Não dá para aceitar, não dá para concordar que tenhamos um grupo na política que levanta a voz para defender esses marginais. Chega de esquerda, chega de tanta maldade no Brasil", finalizou.


ATUALIZAÇÃO:


Messias Donato também manifestou-se sobre a morte da Soldado da PM de São Paulo Sabrina Freire Romão Franklin. Leia:


"Revoltante. Mais um trágico episódio de afronta à segurança pública diante da morte da Soldado PM Sabrina Freire Romão Franklin, de São Paulo, que foi cruelmente assassinada por dois criminosos após um assalto.


Aliás, essa gente, infelizmente, é defendida por uma parcela política brasileira. Até quando nossos policiais continuarão sendo vítimas de atos brutais?


Precisamos urgentemente de mudanças na legislação que assegurem a proteção desses heróis que arriscam suas vidas para cuidar da sociedade.


Na Câmara temos atuado na área da segurança. Apresentei o PL 652/23, que proíbe a progressão de pena para traficantes que usam adolescentes no tráfico de drogas; assinei PEC pelo fim da impunidade natalina, PECs para redução da maioridade penal e CPI do combate ao crime organizado.


Minha solidariedade à família e aos amigos da PM. Que Deus conforte o coração de todos."

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page